Porquê a ciclocozinha?

Não queremos ser mais uma oficina de bicicletas. Queremos improvisar, reutilizar, desmontar, aprender, construir e cozinhar novos engenhos a pedais. A ciclocozinha é também um sitio de convívio onde conversar, beber um chá ou uma cerveja e existe também espaço para por vezes cozinhar um jantar.

A Ciclocozinha do Marquês é um espaço aberto a tod@s, destinado à manutenção/criação de bicicletas, essa fantástica e revolucionária máquina a pedais.

Este lugar baseia-se na partilha de ferramentas, conhecimento e paixão, necessários a quem pretente arranjar autonomamente o seu próprio meio de transporte. Para manter alta a sua funcionalidade necessitamos de partilhar alguns pontos:

1) NÃO VENDEMOS BICICLETAS
Mas há tantas a precisarem de ser adoptadas, que se tens tempo e vontade podes pôr uma em forma, e leva-la a passear.

2) NÃO TE ARRANJAMOS A BICICLETA, PARA ISSO ESTÁS TU
Não somos uma oficina de bicicletas. Quando vens à ciclocozinha não podes esperar sair com uma bicicleta sem problemas. Principalmente, não podes esperar que alguem faça o trabalho por ti.
O mote é o DIY – Faz Tu Mesm@. Nós podemos dar-te conselhos, explicar como se faz, dar-te uma mão…
Mas se não queres sujar as mãos, é melhor ires a um mecânico (e esperar que faça um bom trabalho).

3) AUTO-FINANCIAMENTO SOLIDÁRIO
Se pegas numa peça usada, estragas uma ferramenta, levas uma bicicleta ressuscitada ou apenas passas por cá e achas bonito o que fazemos, ajuda a manter o espaço:
Deixa um contributo!
Peças em segunda mão, ferramentas e bicicletas antigas a precisar de dono, são sempre bem vindas como forma de contribuição. Podes também dar uma ajuda na manutenção/limpeza do espaço.
Se usaste peças novas (cabos, calços ou câmaras de ar etc), essas foram compradas e têm o preço de custo. Pergunta!

4) ANTES DE COMEÇAR A TRABALHAR, SE O ESPAÇO ESTÁ DESORGANIZADO, DÁ UMA MÃO PARA O DEIXAR A POSTOS!
Com cada coisa no seu sitio e em ordem podemos trabalhar mais, e sobretudo, melhor!

5) DIFERENCIA E RECICLA
Neste espaço usamos os recursos conscientemente. Até os restos e resíduos podem ser reutilizados.
Separa e seleciona os materiais e peças nos locais próprios!

6) AS FERRAMENTAS
Quando usas uma ferramenta, não a deixes espalhada. Coloca-a no seu sitio (mesmo que não a tenhas encontrado lá).
Ao usa-las mal, ou de forma imprópria, desgastam-se, impedindo outr@s de as poderem usar, e criando a necessidade de comprar novas.
Se não sabes a maneira correcta de usar ou tens dúvidas, pergunta!

7) O ESPAÇO É ESCASSO
Quando deixas a tua bicicleta:
-Deves avisar alguém e deixar o teu nome, contacto e data, junto com a bicicleta.
-Podes deixar a bicicleta por um ou dois meses. Mais do que isso, entendemos que ela está necessitada de mais amor, e fica à disposição para alguém a recuperar.

8) O FACTO DE EXISTIREM ALGUMAS REGRAS ESCRITAS NÃO PREJUDICA O ESSENCIAL:
Um espaço autónomo e autogerido como este funciona na base do bom senso.

9) NINGUEM É PERFEITO (MUITO MENOS AS REGRAS)
A vantagem de funcionarmos em autogestão é que qualquer pessoa pode ajudar a melhorar. Aparece na ciclocozinha, participa e dá a tua sugestão!

Leave a Reply